terça-feira, junho 19, 2007
[Para a Su. Como dizia o nosso amigo, "eu sei que tu compreendes bem"...]




As nossas asas cresceram connosco. Movidas pelo sonho, voámos alto, tão alto que tocámos o céu que ajudámos a construir. Pintámos o nosso céu com cores e melodias só nossas, que preenchemos de estrelas e arco-iris, hoje memórias.

E agora? Reaprendemos a voar ou esperamos que o Céu nos caia em cima, em pedaços? Como é que fazemos para deixar cair as nossas asas... se elas já fazem parte de nós?
 
By Joana @ 1:09 da tarde |


4 Notas com outras assinaturas:


@ 6/19/2007 4:27 da tarde,assinado por Anonymous Su

"Eu sei que tu compreendes bem" pois sei e não, não foi uma noite bem passada de todo. Acho que preferia ter andando descalça à chuva ou ter comido um gelado no inverno:) Ontem cheguei à conclusão que não podemos obrigar ninguém a voar a força. Há pessoas que simplesmente sonham com os pés na terra, enraizados e acabam por nos enterrar também. Acho que as nossas asas se foram queimando com o tempo...

 

@ 6/19/2007 4:54 da tarde,assinado por Blogger claudia

...quero apanhar esse fogo que "queima sem se ver" as asas dos anjos. Anjos de asas brancas que pelas nuvens que passam deixam mais o bocadinho de si. OBRIGADA!

 

@ 6/19/2007 6:09 da tarde,assinado por Anonymous Mafalda

Às vezes queremos voar! Mas nem sempre os ventos sopram a nosso favor e o bando está suficientemente perto.
Às vezes precisamos daquele empurrão que nos faz sentir que também conseguimos ir mais e mais alto...sem medo de cair no infinito!
Às vezes sonhamos mais e melhor (com os pés bem longe da terra!) e acreditamos que um dia também teremos as mesmas asas fortes e confiantes que seguem na parte da frente, a guiar o caminho daqueles que ainda não sabem voar tão bem!
Sempre acreditamos que somos capazes e tudo o que não queremos é desiludir quem segue, confiante, à frente!
Sempre queremos é aprender a ir mais alto e melhor, sempre queremos que as asas sejam passadas e não deixadas cair nem queimadas, sempre queremos é sonhar e não enterrar os outros pelos erros que às vezes cometemos pela falta de confiança...
Obrigada por nos ensinarem - porque ensinam - a voar!

 

@ 6/20/2007 10:21 da manhã,assinado por Blogger Vasco da Câmara Pereira

Corajoso não é o Homem que não tem medo mas sim aquele que tem medo e enfrenta-o, disse alguém um dia!

Pois se temos asas, voamos. Se voamos vimos do alto muitas coisas. Se vimos muitas coisas, mais conhecemos. Se mais conhecemos, mais sabemos que pouco sabemos. Se pouco sabemos, mais temos medo. Se temos mais medo é porque voámos muito!

E é tão bom esse medo...